Pequenos deuses – 2

Pequenos deuses – 2

 Pequenos deuses – 2

 

Por qual razão somos todos filhos do Altíssimo, e por qual razão alguns podem ser pequenos deuses.

Somos todos, uma Consciência, um campo de energia dotado de Inteligência e de Vontade própria. Na essência somos UM, mas a individualidade é uma condição útil para progresso independente, devido a Vontade própria de cada indivíduo, ou, livre arbítrio. A Energia da Consciência pode ser denominada Espírito.

Se formos todos criados à imagem e semelhança de Deus, conforme as escrituras, “e as escrituras e os profetas não podem ser anulados”, segundo Jesus em João 10: 35, então o Altíssimo é uma Consciência, dotada de Inteligência e Vontade, além de ser Onisciente por ser Onipresente, e ainda Onipotente em sua Vontade.

Deus é Espírito, um campo de energia dotado de Inteligência e Vontade, que preenche todo o Universo, como uma Grande Bolha. Como filhos de Deus, somos micro bolhas de Consciência oriundas do Macro Bolha de Espírito, a energia de nossa Consciência, igualmente é Espírito.

 Podemos ser pequenos deuses, nem que seja por alguns segundos, quando nossa Consciência como micro bolha está em Sintonia com o Macro Bolha de Consciência do Altíssimo, através do Espirito Santo de Deus, que por força de Suas condições de onipresença é imanente e está dentro de tudo e de todos. Por alguns segundos que seja podemos usufruir da onisciência e da onipotência, já que nossa Consciência pode manifestar não localidade tal qual a energia quântica, portanto ser onipresente naqueles momentos dados.

Assim sendo, desde o início de nossa formação material, somos frutos de uma associação das estruturas materiais que formam nosso corpo com o Espírito Santo de Deus, manifesto no Nosso Sistema Nervoso, mormente no cérebro, no “reino dos céus”, que segundo o Mestre Jesus, está dentro de nós, no nível da imaginação, como centro mental de Criatividade e Construtividade, devendo ser honestos puros limpos bons e positivos.

A Mente é como um prolongamento da Consciência, um ”instrumento” que atua no cérebro fazendo as focalizações intencionadas.

“Pai nosso que estais nos céus, (no centro de imaginação), vem a nós o vosso reino, (o Poder que vem de dentro), e seja feita a vossa Vontade, assim na Terra como é no céu, (o que for criado na imaginação se realize no plano material)”. O pão nosso de cada dia nos dai hoje (o alimento material e o espiritual). Perdoa os nossos pecados, (ofensas injúrias e prejuízos causados a terceiros), assim como nós perdoamos nossos devedores, (perdoar e ficar em paz profunda, podendo manter a sintonia com o Altíssimo). Livra-nos do mal (que podemos fazer aos demais, e o dos demais) porque teu é o poder e a Glória para sempre, amem.

O Pai nosso bem entendido é uma formulação perfeita, daí a recomendação do Mestre Jesus de não perder tempo em vãs repetições.

Alma é o nome que se dá à uma Consciência que através do tempo se modificou em função de informações recebidas, entendidas compreendidas percebidas e Conscientizadas, bem como com as experiências psíquicas com resultados eficientes que mostram a Verdade para cada um e dão conhecimento. (segue).

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.

Postado em : Ciência e Religião

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.