Introdução ao Melhoramento Pessoal

Introdução ao Melhoramento Pessoal

 Introdução ao Melhoramento Pessoal

O melhoramento pessoal através da mudança de hábitos e de atitudes exige além da consciência da necessidade de mudança, a implantação de novos condicionamentos e automatismos. A modificação somente é eficiente se for através de ato moral e consciente.

Outra condição seria a de que haja um nível de introspeção profundo e consciente, e assim adequado para que o cérebro apresente pulsações e nível de energia necessária à gravação dos novos propósitos de modo eficiente, que determinam as novas atitudes e hábitos programados.

Em algumas situações é natural a sugestibilidade, como, por exemplo, uma criança com menos do que sete anos, que, sendo desprovida de capacidade de análise crítica, aceita sugestões que tomam a força de crença, como por exemplo, a respeito de Papai Noel ou de Lobisomem. O banco de memória conhecido como subconsciente fica sujeito a essas impressões e modificações.

Algumas crenças estabelecidas na infância, recebendo reforço durante a puberdade, perduram no estado de adulto, como aquelas relativas a qualquer tipo de crença religiosa. Essas e outras podem ser a causa de bloqueios psicológicos, alguns comportamentais, convenientes ao grupo como sociedade organizada, no entanto inconvenientes à liberdade do indivíduo.

Uma Segunda situação é a do adulto, que, sob um impacto emocional pode perder o senso crítico e deixa-se sugestionar. Aprenda a não se emocionar sem necessidade, controlando a emoção e racionalizando a tentativa de sugestão.

Hoje em dia a ciência já descobriu que as emoções causam uma alteração fisiológica, a qual modifica o funcionamento do cérebro. Esse quadro é acompanhado de diminuição da frequência das pulsações cerebrais com aumento do potencial de energia disponível.

Esse aumento de energia devido à emoção favorece a impressão de sugestões, muitas vezes inconvenientes. Há uma diminuição da lucidez do nível consciente, portanto diminuição da razão, com predominância dos impulsos provenientes do subconsciente.

Uma terceira situação seria a fixação de um pensamento através da repetição, coisa que muitos fazem sem perceber o que estão fazendo. Um exemplo disso é a sugestão implícita na letra de uma canção. Uma canção cuja letra sugere uma ação qualquer, grava a impressão no banco de memória, levando a essa ação quando as circunstâncias favoreçam.

Uma boa instrução a respeito do funcionamento do cérebro e das relações do nível consciente, subconsciente e supra consciente mais um treinamento adequado favorecem ao indivíduo as condições necessárias e mais do que suficientes para um desejado melhoramento pessoal.

Afora esses aspectos mencionados anteriormente, o treinamento adequado permite desenvolver a sensibilidade, aumentando a capacidade de percepção, intuição, capacidade de concentração com aumento de memória e atenção, bem como imaginação e criatividade, e, consequentemente a eficiência no estudo e no trabalho.

Aprenda a se descontrair de modo controlado, livre-se do stress, aumente a sua capacidade de trabalho evitando a fadiga e as tensões.

 
Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.

Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Os Pensamentos e o Caráter

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.