Espiritualidade ou Não

Espiritualidade ou Não

Espiritualidade ou Não

Hoje, dia 20 de Janeiro de 2017, estou pensando em como esclarecer uma pessoa religiosa, de como funcionam as coisas no reino dos céus. Nada melhor do que associar informações Bíblicas com a parte da Ciência, que deveria ser de conhecimento de todos os líderes religiosos que pregam o “Mundo Espiritual”.

Em primeiro lugar todos devem saber que Jesus foi claro ao dizer que “o reino dos céus está dentro de vós”. Antes do Senhor Jesus, os africanos de língua Ioruba, tinham em sua tradição oral, que perdura até os dias de hoje, que “o reino dos céus é um lugar dentro da cabeça, onde vivem os mortos, as fadas e os duendes”, e por que não dizer os orixás? Dessas afirmações podemos dizer hoje em dia que “o reino dos céus, é um lugar dentro da cabeça, onde processamos nossa imaginação, para lembranças e para imaginação criativa”. Interessante também saber que os polinésios e havaianos em sua tradição oral, desde há mais do que 11.000 anos pensam a mesma coisa que seus ancestrais africanos, e saber que reino dos céus em Ioruba é Orum Mila, e na tradição havaiana é Milú.

Em segundo lugar é preciso levar em conta o Salmo 82: verso 6, que diz: “Eu disse: vós sois deuses, e vós outros todos, filhos do Altíssimo. Todos nós, na essência, somos uma Consciência. A Consciência Humana tem três Eus, ou, três aspectos estudados na Disciplina Acadêmica rotulada de Psicologia, O Consciente, O Subconsciente, e O Supraconsciente, antigamente rotulados respectivamente de Eu Médio, Eu Básico e Eu Superior, conforme a Huna, Código de comportamento moral e ético da traição oral entre Polinésios e Havaianos.

Assim sendo, Deus pode ser entendido como Um Macro Consciência Cósmica, Trina, que origina micro Consciências, as quais dão aos Humanos, Consciência de Existir, como individualidades, que são unidas pela Essência. A Individualidade de cada micro Consciência pode ser entendida como uma “condição útil”.

Do Salmo 82: 6 podemos entender que cada micro Consciência tem origem no Macro Consciência, e associada a um cérebro Humano, dá ao Homem condição de Filho do Altíssimo. Confiram em 1ª Epístola aos de Corinto, Capitulo 3: verso 16, e capítulo 6: verso 19.

O conceito de pequeno deus está associado a Humanos que tem a capacidade de, por focalização mental adequada, mover uma forma de energia, que aplicada se torna uma força, cujo resultado está de acordo com a intenção da Consciência atuante.

Assim, todos os fenômenos conhecidos como Habilidades Psíquicas, resultam da ação de uma Consciência que a intencione, agindo sobre um cérebro capaz de converter energia física em energia quântica, suficiente para ser capaz de produzir um “colapso de estado”, seja na matéria, ou, no equilíbrio de algum tipo de energia.

Os dizeres do Senhor Jesus em João 14: verso 12 nos permite acreditar que todo ser humano que crê em suas instruções pode chegar a isso, se estiver em sintonia com a fonte de energia conhecida como Espírito Santo de Deus.

Assim sendo, podemos entender que Espiritualidade é uma condição de uma Consciência que deseja e faz por ser Criativa e Construtiva, como se supõe que a Divindade seja, e, honesta, pura, limpa e boa para com os seus semelhantes. Se assim for estará em sintonia com o Espírito Santo de Deus e poderá se comportar como um pequeno deus, referido no Salmo 82, e “fará as coisas que eu faço, e coisas maiores das estas fará”, como afirma o Senhor Jesus, segundo João 14: 12.

Possivelmente por estas razões o Apóstolo Paulo afirma em 1ª epístola aos de Corinto 2: 4, “a minha pregação não consiste em vãs palavras de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e Poder”. Talvez, por esta qualificação, aqueles que se instalaram como líderes de Igrejas, e somente usam do discurso, tentam desqualificar os que demonstram Espírito e Poder, mesmo que seja no sentido positivo e bom para com os seus semelhantes. Convém ler e entender o verso 9 do mesmo Capítulo 2.

Todos os humanos que são pequenos deuses são humildes se leram e entenderam o verso 7 do Salmo 82. Todos Humanos sem a Consciência são apenas matéria corruptível, e, os que usam mal a Consciência são apenas matéria em corrupção.

Nosso cérebro pode funcionar produzindo energia vibratória em diferentes níveis de frequência. Quando usamos o cérebro de maneira lógica e razoável os pulsos eletro químicos produzidos indicam 21 ciclos/seg. e o nível de energia em cada neurônio é de 50 microvolts na média! Quando em introspecção, imaginamos, são 10,5 ciclos/seg. e o nível de energia pode ser 100 microvolts de tensão. Neste nível podem ocorrer fenômenos de sintonia entre cérebros, conhecidos como telepatia, vidência e clarividência. Se a introspecção é mais profunda, entre 3 e 7 ciclos/seg. a energia disponível pode ser de 250 microvolts de tensão até 1.500 e mesmo 2.500 microvolts de tensão na média. Nestes últimos níveis de energia ocorrem os fenômenos físicos conhecidos como paranormais, e podem ser Espirituais ou não.

Jesus doutrinou em reservado a seus discípulos e alguns deles, mas não todos, conseguiram fazer curas. Os discípulos não escreveram essa parte da doutrina, ou, os escritos não vieram a público? Não sabemos, mas sabemos que a solução está nos dizeres de 1ª epístola aos de Corinto, capítulo 2: verso 9.

 

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista em Fisiologia (Bioenergética e Órgãos dos Sentidos) USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Ciência e Religião

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.