Categoria : Pensando na Vida

 Pensando na Vida – 01 Cada artigo a respeito de filosofia de vida pode ser como um espelho, quem inicia a leitura se reflete, quando se reflete, mas também pode não refletir nada e então me desculpe. Estou reativando os 30 mil milhões de células do cérebro com meus enfoques mentais nessa regressão de memória. Leia mais

 Pensando na Vida – 02 Agora, dos três para os quatro anos de idade as imagens fortes eram de um sobrado em uma rua sem calçamento. Da janela do quarto de cima, nos fundos, eu podia ver aviões de duas azas voando e fazendo manobras. Era o Campo de Marte. Lembro-me perfeitamente da vizinha, uma Leia mais

Pensando na Vida -  3 João 14:15  ”Se me amais, guardai os meus mandamentos.” Com quatro para cinco anos mudamos para a Rua Pinto Gonçalves nas Perdizes para que eu pudesse frequentar o Jardim da Infância do Colégio Batista Brasileiro, distante uns três quarteirões. A cidade de São Paulo era tranquila e com quatro anos Leia mais

 Pensando na Vida – 4 Depois do falecimento do José e o bla, bla, bla, de mais um anjo no céu, foi a vez da Ignezinha cair de cama. Ela deveria estar com dois anos, mas a desidratação foi muito forte e ela estava mal, completamente largada. Foi quando o tio avô Arthur Thyele que Leia mais

 Pensando na Vida – 5 No primeiro ano primário a professora era dona Ludmila, sempre um pouco triste e já cansada. Faziam a alegria a presença da Sarita Alves Leite e a Alice, pois sentávamos em carteira dupla. No segundo ano a professora era dona Guilhermina Medeiros, firme, mas delicada, atenta a tudo, sempre esforçada. Leia mais

Os Natais da minha infância              Torna-se difícil me lembrar das imagens e das vivências de uma criança e manter apenas o aspecto dedutivo nas imagens lembradas, sem que haja interferência indutiva e analítica do adulto. No entanto o Natal sempre significou festa, onde a árvore verde sempre foi mais Leia mais