A Escalada Na Evolução Mental e Psíquica

A Escalada Na Evolução Mental e Psíquica

A Escalada Na Evolução Mental e Psíquica

Prezados amigos

               A escalada para o conhecimento é dupla, como na escada usada pelos pintores de parede. Não se sobe pulando degraus. Também não se sobe dos dois lados ao mesmo tempo.

               Cada pessoa é um Universo, de modo que se torna difícil estabelecer padrões de entendimento compreensão percepção e Conscientização com rigor científico. Daí você observar de saída que a disciplina que estuda o assunto, denominada Psicologia, apresenta-se no decurso com quatro Potências, ou Escolas Psicológicas.

               Deve observar também que cada professor tem as suas preferências e os seus “eu acho que”. Eu estava dando uma conferência na Faculdade Luterana de Psicologia em Porto Alegre, quando esbarrei nas preferências da “Coordenadora” que sendo da Escola Psicanalítica de Freud, se contorceu ao ouvir falar da possibilidade de Comunicação Subjetiva, e conseqüentemente de Psicologia Transpessoal, que está além da Escola Yunguiana. Certamente a Mestra Freudiana, na teoria e na prática, não queria mudar nada daquilo que já estava estabelecido como verdade local, ou, desconhecia as possibilidades de atualização.

               Voltando à escada, um dos lados nos é dado pelo estudo teórico. Ora, a teoria que você aprende hoje é fruto das experiências práticas de outros. Para entender compreender perceber e se Conscientizar aprendendo, é preciso interesse do tipo intelectual, exige atenção e persistência, além de uma boa dose de imaginação e expectativa. O mais difícil é a persistência pelo tempo que se despende em Entender a matéria, Aprender (reter na memória), e compreender (percebendo o significado lógico da informação e aceitando como verdadeira) para depois conotar com as informações recebidas anteriormente.

               Este tipo de ação nos leva a ter Cultura e possivelmente Erudição para quem tem facilidade de expor, e nada significa na ação prática diante de um problema a ser resolvido, a não ser a sugestão de como direcionar a nova ação.

               O outro lado da escada nos é dado pela Experiência que cresce com o tempo e determina a medida com a qual se sobe os degraus.

               O resultado prático nos permite uma percepção, que somada à percepção de outros resultados práticos, permite trabalhar introspectivamente conotando os efeitos com as causas possíveis. Tendo os resultados práticos é mais fácil estudar e entender o que foi registrado como experiência de terceiros. É por esta razão que convidamos você a verificar resultados e a partir destes questionar intelectualmente e estudar à luz da sua experiência somada à dos outros.

               A VERDADE sempre é RELATIVA. Usamos conceitos médicos modernos de hipnose, Pavlov, Freud, yoga como base de relaxamento, realimentação neurológica, neurolinguistica. Etc. etc. São no mínimo 16 horas de teoria associada à 16 horas de exercícios intercalados. Os resultados falam por si mesmo. É possível aumentar o poder de concentração e conseqüentemente a capacidade de memorizar, lembrar e imaginar. Observa-se reforço de Ego, diminuição na tendência à autoconflito e no conflito para com terceiros. Se desperta Hiperestesia. Alberto B. P. Dias, Bacharel, Licenciado, Especialista, USP – 55.

Postado em : Psiquismo

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.