10º – REALIDADE PESSOAL E REALIDADE COLETIVA

10º – REALIDADE PESSOAL E REALIDADE COLETIVA

Realidade Pessoal e Realidade Coletiva – 10

(Folhas de Outono)

Conclusões:- As Habilidades Psíquicas são fenômenos naturais produzidos pelos homens e mulheres através de enfoques mentais adequados desde os tempos históricos mais remotos, sejam naturais, ou adquiridos por exercícios Mentais.

Muitos hábeis usaram essas faculdades para impressionar e dar autoridade a suas filosofias de vida, que se converteram em religião por ação de seus adeptos e seguidores. No Hinduísmo, Budismo, Cristianismo, seus Mestres não tinham a intenção de desenvolver religiões, mas sim Filosofias de Vida, e sempre no sentido libertário. Maomé tinha um objetivo político para desenvolver o Islã, que é o de defesa, em função de ataques guerreiros anteriores de seus oponentes invasores em nome de uma Divindade.

As habilidades psíquicas continuam sendo cultivadas até os dias de hoje nas classes mais elevadas, tanto na Europa, como no Oriente Médio e no Oriente, em alguns são associados com a psicoreligiosidade. No Ocidente em Ordens reservadas, mas sem a simplicidade e eficiência das ações da antiguidade, complicadas com graus de elevação, taxas cobradas para tanto, comendas, medalhas, política, tráfico de influência e discursos vazios.

Na África os africanos a cultivam associada à psicoreligiosidade, dentre os de língua Yorubá. Seus descendentes nas Américas subdividem em ramos, uns construtivos e outros destrutivos como reação às condições em que vieram submetidos como escravos, o que é uma reação normal.

 Todos os Movimentos Religiosos se tornaram Sistemas Organizados de forma arbitrária. Todas as Grandes Religiões oferecem aos seus adeptos três níveis de crenças que satisfaçam aos três níveis de evolução de pensamento que há entre os Homens:-

1- Todas Oferecem um deus abstrato, Brahma, Deus, Alá, Jeová, cada qual com seu rótulo, aos indivíduos de pensamento predominantemente abstrato.

2- Um ou mais homens divinos ou divinizados como Paradigmas espirituais aos indivíduos de pensamento predominantemente concreto, direto e objetivo.

3- Uma série de deuses menores, ou, seres afins, ou anjos, ou, Santos, para os indivíduos psicologicamente imaturos e predominantemente emocionais, de menor desenvolvimento nos processos intelectuais.

Todos os Sistemas Organizados, como Religião, ou não, estabelecem normas princípios dogmas e ou fundamentos reguladores, e rituais condicionadores, que os caracterizam.

Todos se prendem ao discurso e esquecem as habilidades psíquicas que resultam em práticas eficientes. Leiam as queixas que datam de há muito tempo em Hebreus, cap. 6, versos de 1 a 4. Mesmo os que pregam a necessidade de ser flexível, se mostram inflexíveis quando presos a uma filosofia, sem o desenvolvimento (conhecimento) das habilidades psíquicas, mas fazendo oratória (cultura) a respeito delas.

As habilidades Psíquicas Independem de tipo de religião ou de tipo de psicoreligiosidade. Algumas pessoas são naturais para algum tipo de fenômeno, 3% nascem com a habilidade tida como dom do Espírito Santo. Alguns desenvolvem e outros não. A maioria que se desenvolve, se envolve com Crenças Limitantes, desenvolvidas por humanos, para fazer parte de um grupo que os aceite.

Um bom número de pessoas pode desenvolver habilidades psíquicas por focalização mental adequada, desenvolvendo circuitos neurológicos com exercícios mentais que obedeçam a uma Metodologia cientificamente dosada.

 

No entanto, indivíduos sujeitos às convicções limitantes se recusam a experimentar e provar, e se mantêm na Ignorância relativa a esse aspecto prático.

(Estudo Concluído em Fevereiro de 2013)

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista em Fisiologia (Bioenergética e Órgãos dos Sentidos) USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Realidade

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.