09º – Introspecção e Paz Profunda – Hipnose II

09º – Introspecção e Paz Profunda – Hipnose II

Introspecção e Paz Profunda

Hipnose II

Há varias situações em que o acesso ao subconsciente é facilitado e as impressões a serem feitas no banco de memória tornam-se efetivas:
A primeira é ser criança, e ter até sete anos de idade.

A segunda é receber um impacto emocional, quando o cérebro psicologicamente afetado passa a funcionar nos níveis em que funcionava como criança. O adulto sob um impacto emocional não raciocina com clareza e as impressões recebidas como sugestão se fazem sem as barreiras do raciocínio lógico. Neste caso as ações e reações de alguém que, está sob um impacto emocional, podem carecer do freio do bom senso.

A terceira é quando o adulto faz uma introspecção e de modo consciente, repete seguidamente uma frase ou uma imagem que signifique uma situação desejada, caracterizando assim a autohipnose.

Uma quarta situação é aceitar um relaxamento ou descontração e ouvir passivamente afirmações de conteúdo benéfico. Por esse processo é possível adquirir vocabulário de língua estrangeira de até 500 palavras em 7 dias. Deve-se evitar ouvir afirmações onde a estrutura da sentença contenha negações, pois, alem de prejudicar o aprendizado, evidencia a falta de habilidade do orientador.

Há ainda a possibilidade de uma pessoa estar sob um impacto emocional e repetir pensamentos e imagens de uma situação não desejável, registrando assim no subconsciente de modo permanente impressões inconvenientes, pois podem ser neurotizantes.

Como conseqüência, devemos considerar que pessoas sensíveis e emocionais possam registrar informações com mais facilidade na memória fluida e na memória permanente, desde que não haja nem tensões nem ansiedades.

Reforçando em outros termos, pessoas sensíveis que reagem de modo emocional positivo às motivações, aprendem com facilidade quando estão em situação tanto de relaxamento como de simples descontração.

A isso se pode denominar inteligência emocional. Na verdade, emoções tendem a produzir ondas Teta com seus 250 microvolts de tensão e emoções agradáveis relaxam e desbloqueiam o subconsciente. O inverso ocorre com emoções desagradáveis. Assim sendo, qualquer emoção proveniente de qualquer forma de amor facilita a aceitação de informações no subconsciente.

Todas as pessoas que pretendam registrar sugestões na memória de terceiros, usam recursos que impressionem os sentidos e causem algum tipo de emoção, seja de caso pensado por imitação ou instrução, ou, seja intuitivamente.

Estímulos que impressionem os sentidos de modo agradável, sendo repetidos e associados à sugestões, criam reflexos condicionados e facilitação neurológica. Assim um ambiente a meia luz, luzes coloridas, velas acesas, incenso agradável, imagens sugestivas, ambientes exóticos, músicas escolhidas, cânticos adequados etc., sendo associados, fazem seu papel para descontração e tranquilidade.

Quando se trata de recolhimento com introspecção e que se faça de modo solitário, podemos considerar três situações básicas:
1- A pessoa faz introspecção desejando favorecer a reflexão, mantendo-se introspectivo, porém desperto e consciente, concentrado em um assunto.
2- A pessoa faz a introspecção desejando manter-se consciente para reflexão, mas cochila devido cansaço acumulado, podendo até dormir e sonhar.
3- A pessoa relaxa e se torna introspectiva, desejando cochilar ou mesmo dormir um sono natural, mesmo sentado, completando um ciclo cicardiano de 90 min.

No caso em que se deseja um estado de introspecção, desperto e consciente, senta-se para relaxar. O relaxamento pode estar associado a uma música suave, meia luz, odor agradável, estímulos tácteis leves de uma poltrona confortável.

Essa experiência agradável, sendo repetida, cria reflexos condicionados de tal ordem que, em etapas posteriores, ao se repetirem os estímulos, alcança-se o estado alterado de consciência desejado com facilidade e com rapidez, em questão de segundos.

È possível programar o cérebro para que registre as informações desejadas, mesmo que haja um cochilo e é possível também programar para que se lembre de toda informação de modo consciente.

Nesse estado alterado de consciência, alcançado com a introspecção e em que se está desperto e consciente, há facilidade de acessar no banco de memória tudo o que está subconsciente, facilitando assim as lembranças, bem como ordenar e analisar o conteúdo. As lembranças como imagens são as mais fáceis de serem realizadas e são pontos de partida para ideias e pensamentos correlatos.

É por essa razão que em terapia, são usados processo de introspecção para facilitar a lembrança de fatos do passado, que tenham sido implantados na memória acompanhada de carga emocional, e que apesar de não estarem conscientes, são atuantes como agentes de neuroses.

A simples lembrança desses fatos passados, que muitas vezes vem acompanhada de crises de sudorese, mal estar, e de choro até convulsivo, libera alguma forma de energia retida que equilibra o Sistema Nervoso. Este fenômeno denominado “gestalt terapia rápida”, é seguido de bem estar e de sensação de alívio, livrando a pessoa de uma neurose.

Uma neurose se manifesta através de algum sintoma que, aparece de modo periódico sendo tratado com paliativos. Após o processo de Gestalt, que ocorre durante relaxamentos profundos, os sintomas desaparecem. O terapeuta pode fazer como reforço sugestões que sejam convenientes em um relaxamento subsequente.

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Introspecção e paz profunda

4 Comentários


    • JOSE MENOSSI
    • abril 23, 2018
    • Responder
    • Cancelar resposta

    Professor Dias, Boa noite. Gostaria sua opinião numa pratica que estou um tanto emperrado. Trata-se da fase final do meu relaxamento e inicio das viagens fora do corpo. Quando estou num estado de relaxamento que considero profundo, ocorre um tipo de congelamento. No meu caso, chego a visão de imagens ESTÁTICAS e não consigo sair delas. Quase sempre chego numa distância próxima de uma senzala. Vejo negros velhos usando chapeus e fumando cigarros de palha. Todavia, nessa visão nítida e colorida, falta MOVIMENTO. Ninguém se mexe, nem falam. ESTÁTICO tudo parado. Também, em minhas saÍdas do corpo tenho tido dificuldades devido o congelamento da experiencia. Tenha uma boa noite. No aguardo, Jose Menossi

      • Alberto Barbosa Pinto Dias
      • abril 24, 2018
      • Responder
      • Cancelar resposta

      José Menossi, pelo que relata, v.s. pode estar projetando imagens de seu subconsciente. é como se tivesse visto fotos algum dia que depois vê novamente?

  • Sensacional esse artigo. Parabens deve ter dado um trabalhao reunir todo esse conhecimento em um lugar só

      • Alberto Barbosa Pinto Dias
      • junho 13, 2016
      • Responder
      • Cancelar resposta

      Grato, são 42 anos de experiência

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.