08º – Apenas quero entender Jesus –  Da Liderança Mística e ou Religiosa.

08º – Apenas quero entender Jesus – Da Liderança Mística e ou Religiosa.

Da Liderança Mística e ou Religiosa

Os líderes e seus auxiliares, em todos os Sistemas de todas as Ordens, formados com estudos, ou não, recebem a autoridade que lhes é atribuída por uma congregação, núcleo para cultos, ou, estudos para desenvolvimento espiritual. Quando atribuímos autoridade a uma pessoa, em qualquer dos níveis, estabelecemos credibilidade em relação à suas sugestões, e a nossa disposição de acatá-las dentro de certos limites, ou seja, no mínimo no que for razoável, mas há ocasiões em que é valido reparar no que deve ser provável.

 Os líderes de qualquer ordem vivem de oferecer sugestões, as quais se forem acompanhadas de emoção, causam fortes impressões no subconsciente do ouvinte. Elas são válidas quando os preceptores têm autoridade moral por agir de acordo com as bases reais da instrução filosófica que deu origem à Crença. Variações da instrução básica do Senhor Jesus podem ser observadas. Algumas cerimônias e formalidades ritualísticas resultantes da criatividade de alguns dos líderes, apenas servem para ofuscar e enublar a luz do Espírito, pois tiram da introspecção reflexiva e dispersam a atenção com os estímulos de sons, luzes, cores e movimentos.

Algumas vezes um ponto de vista pessoal pertinente à realidade do líder, entra em conflito com a porção da , que tem origem no sentimento intuitivo de cada indivíduo e naturalmente com suas convicções pessoais, pois estas convicções pessoais resultam da associação do sentimento de fé com as suas próprias crenças, onde o intelecto avalia as razões, e mais o conhecimento devido às experiências pessoais. Algumas experiências psíquicas são devidas às habilidades psíquicas, desenvolvidas, ou não, em função da fé.

Esses fatores influem no nível da aceitação das crenças sugeridas, e nas Convicções (fé + crença), passadas por uma liderança, que não demonstra nenhuma experiência nas habilidades psíquicas mencionadas nos Evangelhos, e cobradas por Paulo em 1º aos de Corinto 2: 4.

 Uma crença pode deixar de ser estática quando diferentes perspectivas estimulem melhor entendimento e compreensão em vários sentidos de percepção, pois isso muda o sentido da percepção, alterando o nível da consciência em que a pessoa se encontre.

 Sempre vai chegar o momento dos questionamentos e de alguma discórdia que virá mais cedo ou mais tarde. Há pessoas que são apenas teóricos e não vivenciam a prática, faltando base para sustentação das explicações imaginadas para justificar os fenômenos do psiquismo. Os que têm a prática questionam a filosofia vazia de práticas. A aceitação dos questionamentos depende do nível de consciência dos congregados que oscilam entre os dois ou mais tipos de argumentos, por não terem base na prática para poderem acompanhar um raciocínio a respeito disso.

Se limitarmos nossos sonhos em função de alguma crença adquirida e reforçada periodicamente, segundo os parâmetros fechados por uma liderança, ganhamos a continuidade de um sonho, mas diminuímos temporariamente para uns, e definitivamente para outros, o Talento do Esclarecimento, ou seja, saber e poder usar de maneira livre, clara, direta e objetiva, as razões baseadas nas experiências subjetivas, que permitem o entendimento da ligação do nosso Eu com o restante do Universo sob as várias outras perspectivas.

A avaliação do entendimento dos fatos sob as várias perspectivas permite escolher qual a que nos dá um entendimento mais razoável e provável, antes de uma conscientização definitiva, mesmo que esta seja no final de uma existência.

Alguns, com dificuldade de desenvolver pensamentos próprios se acomodam e se dizem satisfeitos e estáveis como ouvintes, ou, com seus cargos, funções e honrarias. Na média perfazem 70% da audiência, e por essa razão, sempre que há interesses em jogo, o melhor que se faz, ao se discordar das idéias de uma liderança, é a cautela, ou, o afastamento.

Em qualquer núcleo populacional os 70% é constituído de elementos de menor capacidade de visão e de percepção por falta de mais informações, e ou, por falta de treinamento em raciocínio lógico. Aos acomodados intelectualmente resta a sugestão:- “um dia Deus revelará o que você deve saber”, ou, “um dia nós saberemos a razão de todas as coisas”, como afirmava uma nossa saudosa irmã e amiga Geny Santos.

Quando um líder qualquer, modifica os estatutos a fim de fazer valer que qualquer tipo de modificação posterior do mesmo, ou, execução de normas estatutárias, exija 75% dos votos. e não os 50% mais um, de qualquer ambiente que se intitule democrático, pode-se definir como sendo inseguro de suas qualidades na liderança espiritual. (continua…)

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Apenas quero entender Jesus

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.