06º – REALIDADE PESSOAL E REALIDADE COLETIVA

06º – REALIDADE PESSOAL E REALIDADE COLETIVA

Realidade Pessoal e Realidade Coletiva – 6

(Folhas de Outono)

 

Magia, ou, Milagres?

Magia é a capacidade de transferir energia por focalização mental adequado, em frequências vibratórias não detectáveis pela aparelhagem dos físicos, mas evidente pelos efeitos físicos objetivos e subjetivos havidos. A Magia se manifesta através das Habilidades psíquicas Naturais, ou, através de Exercícios. A Magia já era conhecida há mais do que 9.000 a. C. Magia ou Milagres são rótulos direcionados para um mesmo fenômeno, porém tomam sentidos diferentes.

Mago é o indivíduo capaz de fazer Magia. Os resultados mais comuns da Magia são os fenômenos que resultam da influencia Mental sobre a matéria inanimada, e sobre a matéria animada como vegetais animais e pessoas, influências que podem ser Construtivas, ou, Destrutivas, pois o que comanda isso é a Intenção do indivíduo. ( Magia, ou, Milagres).

Toda Intenção é o resultado de uma Crença passível de mudança de polaridade, como são o Bem e o Mal.

O Senhor Jesus já sabia disso e então pregava o Amor como base da Intencionalidade, a fim de que a magia natural entre pessoas resultasse sempre em Criatividade no sentido Construtivo, e houvesse honestidade, puresa de intensão, limpeza Mental, e bondade como resultado de um Amor Compartilhado. Nisso se resumem os Evangelhos, que propugnam uma mudança de Comportamento (Moral) e de Ética, no sentido de Respeito (Amor) ao próximo.

Essas influências criativas mais comuns são as que resultam em “curas”, em resultados positivos de ajuda aos vegetais, animais e pessoas, e são denominadas de Pequena Magia. Também é considerado como pequena magia os resultados de telepatia, vidência e clarividência, termos usados para indicar as condições e os graus de um mesmo fenômeno de comunicação subjetiva entre cérebros.

Os enfoques mentais que produzem efeitos físicos sobre os fenômenos naturais, como parar o vento e consequentemente a tempestade, fazer o vento trazer nuvens, formar nuvens de chuva, e outros efeitos, são denominados de Grande Magia, comuns em algumas culturas onde não haja Crenças Limitantes.

Dentro desses Conceitos, observamos todos os tipos nas ações do Senhor Jesus, sempre no sentido criativo construtivo e positivo.

Quando usamos o termo Genuíno, nos referimos ao que é puro, simples, sem mistura. Genuínos são os fenômenos que resultam das habilidades psíquicas, efetuadas quando uma Consciência, por enfoques mentais adequados produz resultados eficientes e positivos. Estes expressam o resultado de uma Intenção, mobilizando energia quântica, que aplicada, resulta em uma força que produz um efeito objetivo e ou subjetivo.

Genuíno é o indivíduo, que como Consciência, conseguiu integrar os três aspectos da própria Consciência: Consciente, Subconsciente e Superconsciente, e então a “Alma está salva”, pois na morte física, sai íntegra e persiste íntegra além da terceira Dimensão, em uma quarta ou quinta Dimensão como sendo uma Consciência/Conhecimento, em sintonia com a Consciência/Conhecimento Universal de Deus, como Campos de Energia Harmônicos.

Assim sendo, se uma Consciência tem a percepção de que é um microbolha do Grande Bolha de Consciência, que como um Campo de Energia Consciente, é a Essência de tudo o que existe no Universo, e que essa Essência de Energia já foi entendida desde a Antiguidade como sendo AMOR, se o microbolha age em Amor, está em harmonia e sintonia com a Fonte, e pode manifestar o Poder que vem de dentro, do Reino dos Céus, com Bom Senso.

Assim sendo, dá para entender o que o Apóstolo Paulo escreve na 1ª Epístola aos de Corinto, Capítulo 3, a respeito de “enchei-vos do Espírito Santo”, como também dá para entender a colocação a respeito de ser “um vaso de honra, ou, um vaso de vergonha”.

Ser Criativo e Construtivo, honesto, puro, limpo, bom e positivo para com os semelhantes, torna evidente o Bom Senso, que caracteriza a presença do Espírito Santo. O Homem, com seu livre arbítrio, pode escolher entre ser Bem Intencionado, ou, Mal Intencionado.

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista em Fisiologia (Bioenergética e Órgãos dos Sentidos) USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Realidade

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.