31 – Relatos de ações psíquicas – Como um Raio-X

31 – Relatos de ações psíquicas – Como um Raio-X

 31 – Relatos de ações psíquicas – Como um Raio-X

Pela manhã logo cedo me veio a lembrança de um fato ocorrido há alguns anos. Dessa vez não foi visão subjetiva, pois com olhos abertos, podia ver como se fora R-X.

Eu estava relaxando de pé, com os olhos abertos, em um grupo que perfazia um circulo. Quem conduzia o relaxamento muito bem era um senhor de nome Antonio De Toni. Ele se apresentava com uma voz naturalmente agradável que eu diria radiofônica.
Assim, relaxei profundamente e em um dado momento senti que entrei em estado alterado de consciência. As pupilas se dilataram desfocando todos, menos em uma área central onde permanecia um foco com área de 50 cm de diâmetro, e uma área menor no centro, resultando como se fora uma lente de 10 cm de diâmetro. O conjunto me fez lembrar um foco de um flashligth de qualidade.
De início as pessoas dentro desse foco mostravam a energia dos corpos através da roupa que se tornava diáfana, deixando ver à pele com detalhes. Era como um r-x planificado. Quando desejei ver os órgãos internos, percebi que podia ver se assim desejasse.
Essa experiência se passou no salão pequeno de um hotel em Santos, com os interessados na Filosofia Huna. Percebi que era mais fácil a visão em algumas pessoas do que em outras. Acredito que era uma questão de estarem verdadeiramente no nível de sintonia que permite verificar que “tudo está interligado”.

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.

Postado em : Relatos de ações psíquicas

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.