04º – Deus, Fé, Crenças, Religião e Política

04º – Deus, Fé, Crenças, Religião e Política

Deus, Fé, Crenças, Religião e Política – IV

A racionalização a partir de um sentimento de que Deus existe, não livra o homem da  responsabilidade de se cuidar. Portanto, que o Homem, como indivíduo, cuide de seu melhoramento pessoal principalmente no que diz respeito ao que é importante para sua saúde, sem a qual perde tudo o mais.

Um selvagem africano sabe, que diante de um leão faminto, se ele não se defender de modo objetivo, ou, subjetivo se ele souber como, ele morre. Se ao contrário, o africano se ajoelha e pede ajuda a Deus e todos os santos, ele vai ser devorado, pois o leão e sua natureza, pela lógica, também faz parte da criação do mesmo Deus, segundo a Crença Básica Fundamentada na Bíblia, e isso está no entendimento intuitivo do selvagem.

No mínimo essa é uma situação evidente, concreta e objetiva sem contestação. Supostamente a Divindade deu ao homem, meios de como dominar o Leão de modo subjetivo, mas a questão é aprender como. Leiam Gênesis Capítulo 1, versos 26, 27, 28.

Nós, que nos denominamos civilizados, devemos saber que, pela lógica formal, as Leis Naturais, como a lei da Gravidade e as leis que regem a Eletricidade, o Eletromagnetismo a Termodinâmica e as reações fisiológicas instintivas, de acordo com as crenças, são as Leis Naturais de Deus, pois pertencem à criação. Se as violamos, falecemos.

A Tábua das Leis, que regiam o comportamento moral e ético dos Homens que seguiam Moisés, é denominada Lei de Moisés, que como homem, as registrou. Era filho adotivo de uma princesa egípcia, e frequentou as Escolas de Mistério do Egito, onde aprendeu os padrões e valores que devem reger a conduta humana, bem como a magia reservada aos príncipes e aos sacerdotes de sua época.

Foi forçado a escrever as Tábuas da Lei devido ao fato de que, conduzia um magote formado por adoradores de Isis, adoradores de Ra e adoradores de El, daí o nome de Israel. (Leia rápido ISIS RA EL).

Imaginem a responsabilidade de conduzir no mínimo três grupos humanos com costumes diferentes, além da psicoreligiosidade diferente. O resto é fantasia conveniente, é como ler as razões da guerra do Paraguai em livros didáticos aprovados pelo nosso Ministério da Educação.

Aproximadamente dois mil anos depois de Moisés, O Imperador Constantino se viu diante de uma tropa de soldados proveniente de várias culturas, cada qual com suas crenças e religiosidade.

Diante do caos das brigas em função das diferentes crenças, Constantino fundou a Igreja Católica Apostólica Romana, com fundamentos na Bíblia, formada pela coleção de escrituras, coligida a seu mando, e obrigou a todos à nova Religião Cristã. Apaziguou as tropas e agradou a esposa cristã.

Instituiu um Sistema Organizado e sua hierarquia. Com o tempo, a ideologia foi sendo interpretada por diferentes indivíduos da liderança de uma hierarquia tornada corporativa, e houve motivos para Lutero se rebelar e se tornar líder de outra hierarquia corporativa, baseada na mesma Bíblia tomada como fundamento.

Depois de Lutero e o Luteranismo, baseados na mesma Bíblia como fundamentos da fé, cada qual com seus motivos, vieram os Anglicanos, Calvinistas, Presbiterianos, Metodistas, Sabatistas, Petencostais, Batistas procedentes dos Anabatistas da Grécia, que surgiram ao mesmo tempo em que a Igreja Católica Romana, ou antes. Agora há na atualidade 1.900 seitas cristãs, diferindo em detalhes de interpretação, e sob algum tipo de rótulo.

Pelo que se faça ou pelo que não se faça, Maomé, 600 anos d. C., reuniu as tribos nômades sob o Al Corão, que de certa forma é uma copia parcial da Bíblia, ou, dos livros que compuseram a Bíblia. Com mão de ferro e a espada institui a nova ordem no Oriente Médio, e assim estabeleceu o Islã.

Unidos pelas novas crenças, havia como formar um exército árabe motivado para fazer frente às cruzadas cristãs e dar o troco. Depois invadiram o Sul da Europa, estabelecendo a cultura árabe na mesma por 700 anos, afora o DNA que ficou na mistura de populações, e que certamente sobrou alguns fragmentos que podem fazer parte de meu genoma, ou, do seu.

Sorria, porque agora há uma nova onda de invasão pacífica na Europa, e que vota, e são em média 8 filhos por família, contra um ou dois de cada família dos europeus. Uma boa parte das igrejas na Europa e nos EEUU são estabelecimentos comerciais, ou, outros, e logo serão mesquitas.

Se você não cuida de sua saúde, renda e finanças com objetividade você vai à falência, e esta é uma dura e sofrida realidade. É a noção de responsabilidade individual que muitos não gostam de admitir, e na menor dificuldade ficam pedindo solução ao Altíssimo, quando a solução pode estar no bom senso, ou, em se ter pessoas vivas como amigas, e solidárias neste plano de existência. É saudável manter pessoas amigas, alem dos filhos sábios, cuidadosos e amorosos, que possam nos livrar dos equívocos que nos levem às dificuldades.

O Homem deve cuidar de sair de todo tipo de ignorância relativa, se informando, experimentando e vendo as coisas claramente. Ver as coisas claramente exige que desenvolva seu intelecto para enxergar o que é razoável e provável, e saber descartar o que seja pouco provável e improvável, independente de filosofias e condutas sugeridas por terceiros. “De tudo provai e retende o que for bom”, ou ainda melhor, se for útil.

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Deus, Fé, Crenças, Religião e Política

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.