02º – Deus, Fé, Crenças, Religião e Política

02º – Deus, Fé, Crenças, Religião e Política

Deus, Fé, Crenças, Religião e Política – II

O nível de percepção de um indivíduo depende do seu nível da capacidade de imaginação. A capacidade de imaginação depende de uma prontidão neurológica na zona psico visual do cérebro, e do nível de armazenamento de informações, principalmente na zona Gnósica da mesma Área Visual e também na Área Auditiva, pois o cérebro e tudo o mais que estiver interligado a ele é a parte física de que a Consciência dispõe para se expressar através de enfoques Mentais Adequados.

É possível ativar circuitos neurológicos dormentes, ou, de acordo com a neuroplastia, formar novos circuitos neurológicos funcionais através de exercícios. Muitos ignoram esse detalhe que não se encontra de modo explícito em livros considerados sagrados e escrituras antigas, por razões óbvias.

Quando há, podem ser mal interpretados pelos que não tem a vivência prática com resultados eficientes. “Vivei em Oração”, e “Orai pelos vossos inimigos”, são fórmulas de introspecção continuada, e de condição para que haja paz profunda na reflexão durante a introspecção.

A Introspecção pode resultar em Estados Alterados de Consciência com alto potencial de energia, necessários para desenvolver as habilidades psíquicas. Para entender isso é necessário estudar neurologia, e ter prática em habilidades psíquicas.

Se o indivíduo nasce mutante, e a Consciência dispõe de novos circuitos neurológicos, ativos, ou, que possam ser ativados, é ótimo. Saber como ativar, ou, formar novos circuitos por neuroplastia também é mais do que ótimo.

O esforço com exercícios pode facilitar as projeções de energia quântica por enfoque mental adequado, permitindo que a Consciência trabalhe em diferentes dimensões da escala de energia vibratória que está acima da usual.

 A escala de energia vibratória usual pode ser entendida quando se observa as oitavas, desde as que são entendidas como som, até as oitavas que são detectadas e mensuradas pela aparelhagem física e são conhecidas como Raios Cósmicos.

As que não são usuais, em uma maioria são os harmônicos superiores que correspondam às que afetam os órgãos dos sentidos. São múltiplos destas, e podem ser previsíveis e mentalmente utilizáveis, quando, por enfoques mentais adequados, a Consciência consiga trabalhar em outras “dimensões”, ou seja, com frequências vibratórias consideradas de outras dimensões.

Portanto, outras Dimensões de frequências vibratórias, na realidade, nada mais são do que frequências vibratórias em harmônicos superiores, que correspondem às frequências vibratórias normalmente percebidas pelos órgãos dos sentidos.

A Ciência Moderna tem a percepção da existência de uma massa de oitavas de energia, com frequências vibratórias superiores às das partículas subatômicas, que tem um comportamento não previsível, mas que obedece ao que a Consciência Humana determina como Intenção e em expectativa de um determinado resultado.

Essa gama de frequências vibratórias foi denominada de Energia Quântica. Tudo indica que a matéria pode ser convertida em Energia Quântica e que a Energia Quântica pode ser convertida em energia de terceira Dimensão, e em Matéria por enfoque mental adequado e Consciente. Isso explica os fenômenos psíquicos de desmaterialização e rematerialização.

A Huna (de há 11.000 anos) sugere que são quatro os níveis de Consciência possíveis ao Homem. Atualmente, na prática, pela experiência pessoal de cada indivíduo, são quatro os níveis de Consciência possíveis ao homem:- Apenas dependem de mudança de nível de enfoque mental, para sintonizar diferentes dimensões da escala de energia Universal. Podemos considerar cada grupo de oitavas uma dimensão.

Assim sendo nossa Consciência pode trabalhar em quatro diferentes Níveis de Consciência, e três diferentes Dimensões de Energia.

 1- O nível de Consciência usual, o comum a todos, que lida com energia vibratória da terceira dimensão.

2- Outro nível de Consciência que permite fazer projeções de energia capaz de alterar o estado da matéria.

3- Um terceiro que permite entrar em sintonia com outros cérebros e captar informações, ou, transmitir as mesmas.

4- O quarto nível de Consciência em que o indivíduo capta informações, e depois projeta energia psíquica, por enfoque mental adequado às circunstâncias percebidas. O bom de tudo isso é que qualquer um pode realizar essas experiências como indivíduo, independente do nível de entendimento de terceiros.

Repetindo, a individualidade é uma condição útil. O que difere é a suposição básica que os envolvidos usem para explicar os fenômenos.

No Salmo 82: versos, 6 e 7 encontramos a explicação Bíblica para esses fatos. Assim sendo, nesta condição humana, ser um pequeno deus, criado à imagem e semelhança da Divindade, é ter um nível de Consciência que permita, por enfoque mental adequado, fazer deslocar um Quanta de energia, e produzir um determinado efeito objetivo, ou, subjetivo, que obedeça a uma intenção, como são as manifestações da Inteligência e da Vontade, próprias de uma Consciência.

Os resultados sempre dependem de saber como agir, da Intenção e da Expectativa, mas independem da crença rotulada e adotada, podendo funcionar mesmo sem nenhuma crença específica.

 

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.
Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Deus, Fé, Crenças, Religião e Política

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.