02º – Consciência e Conhecimento

02º – Consciência e Conhecimento

Consciência e Conhecimento

Há uma Realidade Objetiva que é tudo o que pode ser sentido e percebido pelo nível de Consciência, denominado Nível Consciente Exterior, o qual permite a percepção e conscientização de tudo o que está no Meio Ambiente, e possa sensibilizar os órgãos dos sentidos, permitindo um nível de percepção que qualifica a Conscientização.

uma Realidade Subjetiva, que é construída de modo pessoal pelo indivíduo, a partir dos pontos de referência impressos no cérebro, e depois convertida em lembranças, que podem ser ordenadas pela reflexão, associadas de diferentes maneiras e por diferentes perspectivas na meditação, para depois serem analisadas em seu conteúdo lógico, avaliando a razoabilidade, e questionadas quanto à probabilidade de serem verdadeiras e prováveis.

A finalidade de todo esse processo é o Esclarecimento de um conjunto de realidades objetivas a serem Conscientizadas como também Realidades Subjetivas tidas como Verdadeiras, mesmo que uma Verdade seja sempre Relativa. O mais importante é ter Consciência da relatividade, e relativa a o que.

No entanto, Essa Realidade Subjetiva Pessoal pode ser construída de acordo com o nível do processamento descrito no parágrafo anterior, ou não, pois uma maioria prefere decorar os dados e as informações recebidas, ou simplesmente ler as mesmas em discursos elaborados por terceiros, ou ainda, ler em escrituras consideradas sagradas, dando ênfase ao discurso e fazendo interpretações de acordo com o seu próprio nível de percepção pessoal e circunstancial, como se aquilo que está em questão fosse fruto de uma verdade absoluta.

O nível de capacidade de Percepção depende do nível da Capacidade de Imaginação. A Capacidade de Imaginação depende do nível de dados e informações acumulados de modo ordenado no Banco de Memória do cérebro. Depende ainda do nível de treinamento no processamento de dados e informações de modo lógico e razoável, para que a Imaginação criativa não se perca em Fantasias improváveis.

O nível da Capacidade de Percepção depende ainda do nível da capacidade de avaliação do tipo de perspectiva que foi oferecido ao passarem os dados e as informações, pois o tipo de perspectiva usado interfere no tipo de Entendimento. O Entendimento pode induzir a Compreensão que é entender e aceitar o tipo de entendimento sob a perspectiva que foi apresentada. A Compreensão dá os rumos para a Percepção, e esta, determina o tipo de Conscientização.

ASSIM SENDO, AS REALIDADES OBJETIVAS SÃO INDISCUTÍVEIS QUANDO HÁ PROVAS, MAS AS REALIDADES SUBJETIVAS SÃO INDIVIDUAIS E CONSTRUÍDAS CADA QUAL EM SEU NÍVEL DE PERCEPÇÃO.

NO ENTANTO ALGUMAS REALIDADES SUBJETIVAS SE EXPRESSAM POR HABILIDADES PSÍQUICAS QUE PRODUZEM FENÔMENOS OBJETIVOS E SUBJETIVOS, VERIFICÁVEIS POR SEUS EFEITOS. RESULTA QUE A EFICÁCIA É A MEDIDA DA VERDADE, OU, SÓ O QUE FUNCIONA É VERDADEIRO.

As Realidades Subjetivas Pessoais relativas a Fenômenos Psíquicos constatáveis por seus efeitos são Realidades Subjetivas para quem os processa. Para os demais que não tem experiências, são Realidades Subjetivas Ocultas. São Ocultas até que sejam reveladas com a prática de exercícios Mentais Pessoais, para aqueles que os façam e com isso adquiram Conhecimento. A Revelação das Realidades Ocultas é individual, e só pode ser expressa para terceiras pessoas como Informação.

Os ocultistas se dividem em dois grupos: 1- Mestres que são os que têm conhecimento e sabem fazer, e podem ensinar a fazer quando convém. 2- Os que apenas se informam e buscam os meios de como fazer. A maioria destes se perde nos descaminhos quando orientados pelos que vendem pressuposições e suposições baseadas em pressuposições.

Jesus era Mestre, sabia fazer, e ensinou em reservado seus discípulos de como fazer. Jesus foi Sumo Sacerdote da Ordem de Melquizedeque. Este foi o Homem que sabia fazer (2.700 a.C.), e ensinou seus discípulos a fazer, os quais constituíram uma Ordem que preservou os conhecimentos e a maneira de alcançá-los. Na sua época Melquizedeque ESPANTOU O NÔMADE GUERREIRO ABRÃO com suas habilidades, e Abrão ao invés do assalto usual, pagou pedágio e se foi.

Os seguidores da parte da doutrina do Senhor Jesus que foi comunicada a todos, são denominados Cristãos e se dividem em dois grupos: 1- Adeptos do Cristianismo teórico e das práticas Objetivas dos rituais, com Orientadores do ensino do Cristianismo Filosófico, e que são guardadores das normas, princípios, dogmas e rituais que caracterizam os Sistemas Organizados de forma arbitrária como Religião, baseadas no cristianismo teórico. Estes criaram uma hierarquia à base de uma cultura teórica e se denominam Teólogos e são Pastores.

2 – Na Bíblia há uma recomendação para que haja “pastores” e “Mestres”. No entanto na falta de mestres alguns Teólogos afirmam que os pastores são os Mestres. A falta de Mestres se deve a que os discípulos não formaram Mestres, pois apenas alguns deles conseguiram alguma habilidade psíquica, e a coisa ficou oculta.

Em Hebreus, capítulo 6, versos de 1 a 4 há uma reclamação nesse sentido. Nunca em quarenta anos de adepto ouvi um sermão a esse respeito. Fazendo a indagação para seis teólogos, só um respondeu, e de forma honesta, dizendo que não era especialista em Hebreus.

Todas as informações que estão em qualquer das Escrituras são inexatas. Dá a impressão que os Mestres em habilidades psíquicas, ao mesmo tempo em que querem transmitir suas descobertas, temem que elas sejam mal usadas por falta de um código de honra a ser obedecido. Daí a origem do termo Ocultismo.

Uma boa chave para entender a Realidade Subjetiva Oculta que há nos Evangelhos está nas Epístolas de Paulo o Filósofo, pois segundo sua perspectiva expressa, principalmente na 1ª Epistola aos de Corinto, onde há boas instruções em todos os Capítulos, mas a chave a ser entendida é no verso 16 do capítulo 3, que diz: “Não sabeis vós que sois os Templos de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?”. O Espírito de Deus encerra toda Consciência/Conhecimento Universal.

Para abrir a mente e para começar a ter melhor compreensão, focalize que você é um indivíduo único, geneticamente definido como Homem em relação à escala animal dos Vertebrados Mamíferos. Tudo indica que você tem Consciência de existir e que essa Consciência de Ser se desenvolve a partir da Essência do Espírito daquele que te deu a Essência do Ser, e que se torna individualidade na medida em que progride na aprendizagem com o desenvolvimento. A individualidade é uma Condição Útil. A Essência do Ser é em si mesma Universal, Eterna, Infinita, Onipresente, sem princípio nem fim.

A Essência Universal, integrada no Homem como consciência, associada a um cérebro, pode evoluir para Ser Criativa, Construtiva, Honesta, Pura, Limpa e Boa como a Original, se cultivar o Amor como na Essência.

 Pode se tornar destrutiva se cultivar o Medo, que é a energia oposta ao Amor. O Homem é o responsável por todo Bem e por todo Mal que há no Mundo. Os irresponsáveis e fantasiosos, por serem imaturos, atribuem o Bem a Deus e o Mal ao demônio, mas o bem e o mal são interfaces do desenvolvimento da Essência Universal dentro do Homem.

As escrituras são o fruto da audição e percepção do Homem que escreveu. Os ensinamentos de Jesus percebidos pelo Homem foram escritos e depois difundidos como Evangelhos, e mal interpretados pelo Mundo afora. É preciso reinterpretar a luz dos conhecimentos atuais. Quando o Homem como Consciência, se integra com o Espírito Santo de Deus, que está dentro de vós, vide, (1 Coríntios 6:19) “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de  vós mesmos?”.

O Poder que Vem de Dentro se manifesta em ações subjetivas e Objetivas, devidas às Habilidades Psíquicas desenvolvidas e que dão Conhecimento.

Alberto Barbosa Pinto Dias, Bacharel em História Natural (todas as Disciplinas Biológicas e Geológicas), Licenciado, Especialista. USP, 1955.

Qualquer questionamento sempre será bem recebido e respondido.

Postado em : Conhecimento X Cultura

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

.